blog do Roberto Leite

Assuntos de interesses multiplos e atuais.

Aí está o bolsa eleitor.

bolsa-familia.jpgAí está o bolsa eleitor.aguadolulabmp.jpg

O principal programa “social” do governo Lula, este que agora foi ampliado para os menores com direito a votar de 16 e 17 anos, que teria como finalidade principal evitar a evasão escolar, está furado.

Com dados fornecidos pelo próprio governo, a evasão escolar aumentou nos principais centros onde se gasta mais com o auxílio e em outras tantas cidades, ficou no mesmo nível que estava antes de existir bolsa família.

No mesmo embalo, a popularidade do presidente aumentou muito onde a evasão também aumentou de acordo com pesquisa feita com os dados do próprio governo.

E agora?

Será que o Brasil não acorda?

Está descaradamente comprovado de que o programa é eleitoreiro, sua função é a dependência da classe mais pobre nas tetas do governo, e sua função principal, é aumentar a popularidade do Lula perante os eleitores de menor renda.

Deveriam existir no Brasil, políticos que defendessem o eleitor. Políticos que não tivessem medo de falar a verdade, políticos que tivessem brio na cara. Políticos com a coragem de propor uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional) modificando a lei eleitoral e impedindo do direito ao voto, as pessoas que participarem dos programas sociais do governo.rei-lula-2.jpg

Seria um pouco polêmico, mas com todas as evidências de que estamos pagando para o governo comprar mais votos, seria muito discutível e passível de aprovação pelo menos no Senado. Poderia então ir ao supremo com todas as provas de que a cidadania não estaria comprometida, pois as pessoas poderiam sair dos programas e voltar ao quadro eleitoral, e para as pessoas que estivessem com a cidadania em foco, seria um incentivo para deixarem os programas o mais rápido possível.

Os cidadãos que preferissem viver de esmola abririam mão de seu direito ao voto.

rei-lula.jpgDEMOCRACIA PURA E DIRETA.

Leiam agora a reportagem de VEJA que propiciou este artigo.

Brasil

Bolsa Família é ineficaz contra a evasão escolar

08 de Março de 2008

O Bolsa Família, principal programa social do governo Lula, não está cumprindo o seu principal objetivo, propagado pelo Planalto: o de manter as crianças e adolescentes de regiões carentes na escola. Um em cada quatro brasileiros recebe do governo alguma ajuda do programa – em forma de dinheiro vivo – em troca da garantia de que os jovens completem pelo menos os oito anos do ensino fundamental. Um levantamento feito pelo jornal O Estado de S. Paulo a partir de dados dos Ministérios do Desenvolvimento Social e da Educação, entretanto, aponta que nos 200 municípios onde há mais famílias dependentes do Bolsa Família, a evasão escolar, contando os abandonos da 1ª a 8ª séries, cresceu de 2002 a 2005.

De acordo com o diário paulista, o abandono aumentou em 45,5% destes municípios (91). Em outros 18,5% (37 cidades), a taxa de evasão escolar é igual à da época em que o programa não existia, em 2002. Ou seja: somando-se os dois números, chega-se à conclusão de que em 128 (ou 64%) das 200 cidades que mais têm beneficiários do Bolsa Família, o programa é simplesmente ineficaz.

Em alguns casos, o número de crianças que deixam a escola mais do que dobrou. Acauã, uma das cidades-símbolo do programa Fome Zero, visitada por ministros no primeiro ano do governo Lula, tem 71,6% de suas famílias no Bolsa Família. Ali, o abandono escolar subiu de 4,4% para 12%. Em 13 cidades, o índice superou 20% de estudantes largando a escola, um número considerado assustador pelo próprio Ministério da Educação. Em Lagoa dos Gatos (PE), o abandono passou de 8% para 17,6% em apenas três anos.

Custos – Não seria nada se o custo da assistência social bancada apenas pelo governo federal – incluindo programas como o Bolsa Família, Previdência, educação e saúde – não tivesse ultrapassado os 300 bilhões de reais em 2006, um aumento de 40% em relação a 2003. Também não seria nada se o governo não tivesse anunciado, no começo de 2008, que o programa vai receber uma injeção extra de 2 bilhões de reais, com a inclusão dos jovens acima de 16 anos

Os críticos do Bolsa Família sempre enxergaram nele um programa com interesses eleitoreiros. Pois bem. Segundo o levantamento, o desempenho de Lula como candidato a presidente melhorou muito nestes 200 municípios entre as eleições de 2002 e de 2006. Comparando os segundos turnos da eleição e da reeleição, o jornal revela que o presidente ganhou mais votos em todas as cidades com mais população atendida pelo Bolsa Família. Em alguns casos, registrou votações fenomenais: os 3.408 votos de Araioses (MA), em 2002, por exemplo, viraram 12.958 votos na campanha da reeleição; os 2.996 votos de Girau do Ponciano (AL) subiram para 12.550 votos.

Meio de vida – Em troca de votos, o governo do PT criou um programa que se transformou num meio de vida, e não numa ajuda emergencial e transitória. Nas áreas mais pobres, como o sertão nordestino e o mineiro, já há falta de mão-de-obra para a lavoura. Em vez de roçarem ou semearem, os ex-agricultores preferem ficar em casa, sacando mensalmente sua parcela do Bolsa Família. E basta as crianças ultrapassarem a idade em que estão aptas a receber o benefício para que sejam tiradas da escola e colocadas para trabalhar pelos pais.

E agora petralhada?

Está caindo a máscara?

E agora seus covardes políticos de oposição?

Vão seguir seguir olhando sem faz nada?

rui-barbosa.jpgE o Rui Barbosa quando disse:

“Maior que a tristeza de não haver vencido é a vergonha de não ter lutado”

Ele falou para quem?

O PT?

09 mar 2008 - Posted by | AUTORITARISMO, EDUCAÇÃO, GOVERNO, POLÍTICA

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: